Design Houses

Uma das primeiras ações do programa CI-Brasil foi, a partir de 2005, apoiar a criação, instalação e atração para o país, de empresas que atuam no desenvolvimento de projetos de circuitos integrados: as Design Houses (DHs).

Como resultado, atualmente, existem 22 DHs distribuídas por todo o território nacional. Apoiadas parcialmente pelo programa, treze dessas organizações não possuem fins lucrativos. Em sua maioria, são spin-offs que surgiram ou estão conectadas à universidades ou instituições públicas de pesquisa.

Tendo originado-se a partir de empresas privadas nacionais, multinacionais ou startups locais, cinco dessas instituições possuem fins lucrativos e quatro, embora componham o cenário brasileiro de DHs, são completamente independentes do programa.